O que procura?

Licenciatura em psicologia, admissões…

Admissões:
Presencial: +351 808203544
Whatsapp
Presencial: +351969704048

Fórum Alpha - 4.ª edição

12 nov 2013

Pela quarta ediçao consecutiva a Universidade Europeia associou-se a algumas das maiores empresas portuguesas na concretizaçao do Forum Alpha. Sob o lema da inovaçao e da internacionalizaçao, professores, estudantes e empresarios juntaram-se para reflectir sobre a essencial ligaçao entre o ensino superior e o mundo empresarial.

O evento contou com a presença de vários empresários de renome que partilharam a sua visão relativamente às empresas portuguesas, tendo apontado a internacionalização como essencial ao desenvolvimento do país.

Pedro Pessoa e Costa, Administrador do AICEP, insistiu na necessidade de reconhecer e valorizar a qualidade do trabalho dos portugueses bem como a capacidade de inovação de muitas empresas nacionais. Relativamente à internacionalidade realçou a importância de estudar as necessidades dos potenciais parceiros internacionais, assim como de trabalhar de forma exaustiva cada mercado. Promover os produtos nacionais, salientou, é “a obrigação cívica de cada português”, não sendo a internacionalização das empresas possível sem essa mudança de atitude.

Miguel Stilwell de Andrade, Administrador Executivo da EDP, aponta como factores imprescindíveis para o crescimento das empresas nacionais a internacionalização, a diversificação dos serviços e a eficácia. “É importante a flexibilidade, a capacidade de lidar com a mudança”, enfatizou, tendo salientado a superioridade dos trabalhadores portugueses neste aspecto. Tendo em consideração a sua experiência internacional, referiu ainda que a adaptação geográfica requer um exercício de “contínua tolerância para compreender os princípios subjacentes a cada cultura”.

O conceito de “early market approach” foi o escolhido por Miguel Gonçalves para salientar que os estudantes devem entrar em contacto com as empresas precocemente, muito antes de concluirem a licenciatura. “Os universitários são as pessoas mais sexy do mundo, sendo muito mais atractivos para o mercado de trabalho do que os desempregados. Há que capitalizar esse estatuto.”

*Artigo desenvolvido pelos estudantes da licenciatura em Ciências da Comunicação.


Forum Alpha 2013