O que procura?

Licenciatura em psicologia, admissões…

Admissões:
Presencial: +351 808203544
Whatsapp
Presencial: +351969704048

Universidade Europeia reúne investigadores internacionais em conferência sobre Economia Comportamental

25 set 2018

A Universidade Europeia promove a conferencia " **Pillars of Behavioral Economics** " no dia 3 de outubro, pelas 9h00, no Auditorio do _Campus_ da Quinta de Bom Nome, com o objetivo de partilhar _insights_ atuais em Economia Comportamental e quatro dos seus dominios basilares, sendo eles: escolha sob risco, incerteza e ambiguidade; pensamento estrategico; escolha intertemporal; inferencia e julgamento.

A Economia Comportamental é uma área relativamente recente, mas em rápida expansão, que conta já com dois Prémios Nobel da Economia: Daniel Kahneman (2002), pela sua prospect theory (em colaboração com Amos Tversky), que incorpora e sistematiza anomalias à teoria económica tradicional na escolha sob risco; e Richard Thaler (2017), pela sua derivação de inúmeras implicações da prospect theory para comportamento económico na sua generalidade.

 

Dinamizada pela Faculdade de Ciências Empresariais e Sociais da Universidade Europeia, a conferência reúne quatro prestigiados especialistas internacionais e uma audiência de grande prestígio.

 

Craig Fox, doutorado na Universidade de Stanford pelo Amos Tversky, fará a sua intervenção no comportamento sob risco, incerteza e ambiguidade, área em que aplica uma combinação de métodos, incluindo questionários, experiências de laboratório e de campo, dados de arquivos imagens do cérebro. O especialista aplica o conhecimento da economia comportamental para beneficiar decisões com implicações para a saúde a riqueza.

 

 

“Pensamento estratégico” é o tema abordado por Daniel Read, antigo mestrando do Daniel Kahneman na Universidade de British Columbia, e Professor de Ciência Comportamental na Warwick Business School. Trata-se de interações estratégicas entre compradores e vendedores bem como o importante papel da assimetria de informação.

 

Marc Scholten, Professor na Universidade Europeia e doutorado em Psicologia Económica pela Universidade de Tilburg (Holanda), analisa a escolha intertemporal, avaliando como a preferência temporal governa padrões gerais de comportamentos relacionados com a saúde e a riqueza, regendo também comportamentos mais específicos no domínio financeiro, tal como endividamento.

 

“Inferência e julgamento” é o tema abordado por Daniel Walters, doutorado pela UCLA Anderson School, e professor assistente de marketing no INSEAD. Aqui o foco é nas inferências sobre informação indisponível no contexto de escolha do consumidor entre produtos, julgamentos sobre oportunidades de investimento, e escolhas intertemporais.

 

Após as intervenções dos quatro especialistas, a Universidade Europeia dinamiza uma mesa redonda onde serão abordados os quatro pilares da economia comportamental e a sua aplicação prática em diferentes contextos.



____

Craig Fox

Craig Fox, doutorado na Universidade de Stanford, é professor de administração da Harold Williams na UCLA Anderson School, professor de psicologia na Faculdade de Artes e Ciências da UCLA, professor de medicina na UCLA Geffen School e presidente da área de tomada de decisões comportamentais na UCLA Anderson.

A sua pesquisa centra-se no comportamento sob risco, incerteza e ambiguidade através de uma combinação de métodos, incluindo pesquisas, experiências de laboratório e campo, análise de dados e imagens do cérebro.

Ministrou cursos nas universidades de Duke, Northwestern e Stanford, bem como na Universidade de Chicago e foi professor visitante em Columbia, New York University e na Hebrew University. É co-fundador da Behavioral Science & Policy e, atualmente, é co-presidente da Behavioral Science & Policy Association e ex-presidente da Society for Judgment and Decision Making.



Daniel Read

Daniel Read, doutorado na Universidade de Toronto, concluiu o seu mestrado na Universidade de British Columbia, com Daniel Kahneman, Prémio Nobel da Economia (2002). Atualmente é professor de Ciência Comportamental na Warwick Business School.

Ocupou cargos universitários na London School of Economics e na Durham Business School, e foi professor convidado na Yale School of Management, no INSEAD e na Rotterdam Business School.

É reconhecido pelo desenvolvimento do Modelo de Tradeoff (com Marc Scholten) e o efeito Data / Atraso. Grande parte de seu trabalho atual centra-se nas interações estratégicas entre compradores e vendedores, e no importante papel da assimetria de informação.



Marc Scholten

Marc Scholten, doutorado na Universidade de Tilburg (Holanda) em Psicologia Económica, é professor na Universidade Europeia. Licenciado em Gestão / Marketing / Comportamento do Consumidor pela Universidade Nova de Lisboa, a sua especialidade é o comportamento do consumidor (Licenciatura e Mestrado), economia comportamental (Mestrado Executivo) e métodos e técnicas de pesquisa (doutorado) e os seus interesses de pesquisa são as escolhas intertemporais, escolhas arriscadas e conflitos decisórios.

Com contribuições significativas para a literatura sobre julgamento e tomada de decisão, entre os quais o modelo de Double-Mediation (com Steven J. Sherman) e o modelo de escolha intertemporal (com Daniel Read e Adam Sanborn), atualmente alargou, em colaboração com todos os outros oradores, as diferenças individuais na escolha intertemporal.

A sua pesquisa foi publicada numa série de revistas de elevado renome, incluindo no Psychological Review, Management Science, Journal of Experimental Psychology: General, Cognitive Science, Journal of Experimental Psychology: Learning, Memory and Cognition, Organizational Behavior and Human Decision Processes.



Dan Walters

Dan Walters, doutorado pela UCLA Anderson School of Management, é professor assistente de marketing no INSEAD. A sua pesquisa centra-se no julgamento e na tomada de decisões e em entender a falta de informações no contexto de tomada de decisões sobre produtos, avaliações de investimento e escolhas intertemporais.

Walters validou sua pesquisa em contextos teóricos e aplicados, usando experiências de laboratório compatíveis com incentivos, estudos de campo e conjuntos de dados de larga escala. Publicou o seu trabalho em revistas académicas de topo como a Management Science e deu palestras sobre a sua pesquisa na Society for Consumer Psychology, na Probabilidade Subjetiva, na Utilidade e na Conferência de Tomada de Decisões e na Sociedade para o Julgamento e Tomada de Decisões.



Mais informações aqui.