O que procura?

Licenciatura em psicologia, admissões…

Admissões:
Presencial: +351 808203544
Whatsapp
Presencial: +351969704048

LIGA NOS É A COMPETIÇÃO EUROPEIA MAIS DESEQUILIBRADA LOGO A SEGUIR À PREMIER LEAGUE

24 jun 2019

Um estudo do [**Observat orio do Futebol da Universidade Europeia**](https://www.europeia.pt/observatorio-do-futebol) comparou o equilibrio competitivo da Liga portuguesa com as principais Ligas de Futebol da Europa, concluindo que a inglesa Premier League e a competiçao mais desequilibrada, seguida pela Liga NOS. A espanhola La Liga e, em contrapartida, a competiçao com maior equilibrio competitivo na ultima epoca desportiva, seguida da italiana Serie A.

O estudo “O equilibro competitivo no futebol em Portugal e nas Big#5” analisou as últimas quatro épocas desportivas das competições nacionais de futebol em Portugal (Liga NOS), Espanha (La Liga), Inglaterra (Premier League), Itália (Serie A), Alemanha (Bundesliga) e França (Ligue 1), tendo como base a observação das dimensões pontuação, resultados e golos marcados e sofridos de todas as equipas envolvidas nas competições – contrariando a tradicional análise desportiva que se centra na média de pontos obtidos pela equipa vencedora, negligenciando a competitividade existente ao nível dos resultados e dos golos entre equipas que não se sagram campeãs.

O equilíbrio competitivo nas competições desportivas corresponde ao grau de semelhança entre as capacidades futebolísticas das diferentes equipas participantes numa liga, surgindo muito associado a uma questão moral geradora de igualdade de oportunidades nas competições. A evolução do desporto deve determinar um aumento do equilíbrio competitivo entre todos os clubes, bem como uma redução do domínio de um número reduzido de clubes. Contudo, o estudo da Universidade Europeia reforça que o modelo europeu tem registado exatamente uma tendência contrária.

Comparando o equilíbrio competitivo global nas últimas quatro épocas das Ligas em análise, o estudo da Universidade Europeia concluiu que desde a época 2015/2016 que a liga inglesa tem perdido competitividade, sendo atualmente menos competitiva do que a Liga NOS, que surge logo a seguir. Analisando a pontuação da última época, a Premier League é a competição onde a equipa campeã faz mais pontos por jogo (2.58) apesar da diferença para o segundo classificado ser a menor (0.03 pontos por jogo).

Portugal classifica-se logo a seguir, como a Liga onde o campeão faz mais pontos por jogo (2.56) e onde a diferença para o segundo classificado é menor (0.06 pontos por jogo), tal como acontece na liga alemã Bundesliga. Contudo a liga portuguesa é a que tem a maior diferença entre o primeiro e o quinto classificados, contrariamente à Serie A que obteve uma diferença menor.

Na distância entre o primeiro e último classificado, a liga espanhola, que tem sido a mais consistente em termos de pontuação ao longo das últimas quatro épocas, sobressai com a menor diferença (1.45 pontos por jogo), que no caso da Liga Inglesa é muito superior (2.16 pontos por jogo).

Na análise dos resultados, o estudo realçou que é unanime em todas as ligas europeias a importância de se marcar primeiro para o desfecho final do jogo. Na última época desportiva, as ligas onde existiram uma menor percentagem de recuperações de resultados negativos foram em primeiro lugar a Premier League e logo depois a Liga NOS e a Bundesliga. A Liga NOS apresenta a maior percentagem de vitórias por um golo de diferença (41%), seguida da Ligue 1 (40%).

Tanto a Premier League (19%) como a Liga NOS (20%) registam a menor percentagem de empates. A Bundesliga foi a liga que registou maior percentagem de goleadas (24%) em comparação com a La Liga que foi a que registou uma menor percentagem de goleadas (12%). De forma geral, nos últimos três anos, a La Liga, a Ligue 1 e a Serie A têm vindo a aumentar o equilíbrio nos resultados dos seus diferentes jogos. Em contrapartida, a Liga NOS, que registou um grande equilibro nos resultados em 2016/2017, situa-se num patamar intermédio entre as principais ligas europeias. Já a Premier League foi a competição com maior desequilíbrio nos resultados dos seus jogos.

a análise dos golos, o estudo concluiu que a Liga NOS foi a competição com menor percentagem de equipas com diferença de golos positiva (28%), contrariamente à Serie A e à Bundesliga, onde metade das equipas têm mais golos marcados que sofridos. Já na análise dos golos marcados e sofridos, a Bundesliga regista a maior diferença média ao longo dos jogos (1.65), seguida da Premier League (1.53) e da portuguesa (1.44). Nesta comparação, é a La Liga a competição onde os resultados dos jogos têm uma menor diferença média de golos marcados e sofridos (1.20), seguida da Ligue 1 (1.24) e Serie A (1.26).

O estudo “O equilibro competitivo no futebol em Portugal e nas Big#5” concluiu assim que, depois de ter sido a liga mais competitiva há três anos, nos últimos dois anos a Liga NOS perdeu competitividade. Hoje, a par da Premier League, é a liga mais desequilibrada quando comparada com as Big #5. Na última época desportiva, e considerando as dimensões de pontuação, resultados e golos, a La Liga é a liga com maior equilíbrio competitivo, seguida da Serie A.