O que procura?

Licenciatura em psicologia, admissões…

Admissões:
Presencial: +351 808203544
Whatsapp
Presencial: +351969704048

Universidades portuguesas sensibilizadas para a cibersegurança

11 dez 2019

A ediçao deste ano do Kaspersky Academy Partners Summit - mais uma iniciativa do Kaspersky Academy - acolheu quase 50 parceiros academicos de todo o mundo, que vieram a Portugal conhecer as novidades Kaspersky ao nivel dos programas de formaçao para o publico universitario (estudantes, docentes e investigadores), ficando ainda a par do panorama atual de ciberameaças e das tendencias e desafios de cibersegurança para 2020.

Entre os presentes no evento, também estiveram universidades portuguesas, como a Universidade Europeia.

Orlando Fontan, especialista em Transformação Digital, Business Intelligence e Segurança de Informação e professor da Universidade Europeia na área das Tecnologias da FCES (Faculdade de Ciências Empresariais Sociais), destacou a importância de iniciativas como esta, em que se juntam especialistas de cibersegurança e a comunidade académica. “Para as universidades, é enriquecedor no sentido em que ficamos a par de conteúdos atualizados sobre cibersegurança, fundamentais nesta era da Transformação Digital; já para os profissionais do setor, o contacto com os novos talentos também é relevante, para a transmissão de conhecimentos e para se criarem oportunidades de estágios e projetos em conjunto”.

Na opinião do docente, “Portugal carece tanto de especialistas de cibersegurança como de uma formação académica específica nesta área, havendo ainda uma grande diferença entre a realidade das universidades e as necessidades das organizações”. Mais ainda: “há um longo caminho a percorrer no que toca à sensibilização da sociedade civil para o tema da segurança de informação, pois embora haja consciência dos riscos, ainda não implementamos as soluções necessárias para lhes fazer frente”.

O Secur’IT Cup e o Kaspersky Academy Partners Summit são duas ações do Kaspersky Academy - um projeto da Kaspersky assente em quatro pilares essenciais: educação, investigação, comunidade e competições/desafios. Sendo global, tem como objetivo sensibilizar a comunidade académica para o tema da cibersegurança, bem como apoiar os novos talentos nesta área (através de plataformas que promovem a partilha dos seus trabalhos de investigação) e formar profissionais mais competentes.