O que procura?

Licenciatura em psicologia, admissões…

Admissões:
Presencial: +351 808203544
Whatsapp
Presencial: +351969704048
20 set 2021

"Consegui absorver informação da equipa docente e dos restantes colegas, o que me permitiu adquirir conhecimentos variados sobre o negócio", José Pedro Bento, Alumnus da Pós-Graduação em Gastronomia Criativa

Edited on 23 Jan. 2023

José Pedro Bento é empresário n' A Lanchonete e completou a Pós-Graduação de Gastronomia Criativa na Universidade Europeia.

Resuma sucintamente o seu percurso profissional. 
Trabalhei na área de marketing e vendas na Sumol Compal (onde comecei como trainee e passei por todas as áreas da empresa) e na Central de Cervejas (na área de marketing e vendas) e ao fim de 8 anos despedi-me para começar o meu negócio próprio na área da restauração, área com a qual já tinha contacto desde criança por ser o negócio dos meus pais. Neste momento temos dois restaurantes com o conceito d' A Lanchonete, projeto que iniciei em 2019. 

Quais as skills mais importantes que adquiriu com a Pós-Graduação de Gastronomia Criativa?
Havia várias disciplinas cujas áreas já tinha conhecimento prático e consolidado sobre as mesmas, e outras em que o meu objetivo seria praticamente começar a aprender do zero, sem vícios. Posso dizer que consegui absorver informação da equipa docente e dos restantes colegas, o que me permitiu adquirir conhecimentos variados sobre o negócio e que consegui imediatamente colocar em prática. 

Quais foram os principais desafios que enfrentou durante o teu percurso profissional?
A pandemia foi claramente o maior desafio. Iniciar um projeto e passado um ano ver o meu negócio a fechar foi algo para o qual não estava preparado. Mas como todos os desafios que encontramos na vida, o importante é saber reagir e adaptarmo-nos, que foi exatamente o que fiz. E que felizmente, com muito esforço e dedicação, está a ser ultrapassada. 

De que forma é que a Universidade Europeia contribuiu para se tornar no profissional que é hoje?
A Universidade consegue agregar um conjunto de pessoas e valores que nos ajudam a adquirir conhecimento. Não é só um débito puro e duro de matéria, mas sim a partilha de conhecimento. A equipa docente é muito importante para que isso aconteça de forma natural, e também os estudantes selecionados que acabam por enriquecer sempre a experiência como um todo. 

O que é que mais te marcou no percurso pela Universidade Europeia? 
A forma como cada pessoa pode acrescentar a sua experiência e conhecimento sem colocar em causa o resultado final. Na gastronomia e no mundo dos negócios, tudo se constrói, e quanto maior for obackgrounddos envolvidos, melhor pode ser o resultado. Além disso, alguns docentes, que, com a sua experiência, conseguiram mostrar diferentes visões e formas de olhar para esta área tão vasta e com tanto potencial para inovação. 

Que conselho daria aos estudantes que estão, neste momento, a tentar vingar nesta área?
Estudem, partilhem experiências e conhecimento e sejam humildes. Quando procuramos aprender alguma coisa temos que ter a capacidade de entender que a humildade deve ser a base de tudo, independentemente dos cursos ou experiência que tragam debackground, posso garantir que vão sempre aprender alguma coisa com as pessoas com quem vão contactar, sejam elas colegas ou docentes. 

Pode solicitar mais informações sobre a Pós-Graduação de Gastronomia Criativaaqui.