Portal Estudante
  • Início
  • Notícias
  • Sistema penal e tratamento de dados pessoais em destaque no webinar promovido pelo PDPC
24 Maio 2021

Sistema penal e tratamento de dados pessoais em destaque no webinar promovido pelo PDPC

Sistema penal e tratamento de dados pessoais em destaque no webinar promovido pelo PDPC

No âmbito do Privacy and Data Protection Centre realizou-se, no dia 20 de maio, o webinar “Sistema penal e tratamento de dados pessoais”, com a participação de Ana Paula Lourença, a oradora convidada, e Cristina Maria de Gouveia Caldeira e Alexandre Sousa Pinheiro, que coordenaram o evento.

A oradora desenvolveu uma abordagem sobre o tratamento de dados pessoais relativamente ao processo penal, tendo como farol os artigos 18.º, n.º 2 e 35.º da Constituição da República Portuguesa e, com base no artigo 10.º do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) abordou o tratamento de dados relacionados com condenações penais, infrações ou com medidas de segurança.

Os participantes tiveram a oportunidade de acompanhar uma exposição sobre o processo de recolha de dados desde que existe a notícia de um crime, até ao momento em que o nome do condenado é eliminado do registo criminal. O tratamento de dados pessoais, e dados sensíveis, efetuados em todo o percurso é de uma grande dimensão. A esse propósito, referiu-se ao registo criminal, registo de contumazes, a identificação lofoscópica e fotográfica, bem como as várias bases de dados tais como: a base de dados SEF; base de dados de perfis de ADN; registo de condenados pela prática de crimes contra a autodeterminação sexual e a liberdade sexual de menores e a suspensão provisória do processo e arquivamento em caso de dispensa de pena.

Referindo à publicidade do processo penal, tal como se encontra previsto no artigo 89.º do Código do Processo penal, recordou que muitas vezes quando o processo permanece em segredo, para os sujeitos (arguido e assistente) passa a ser um processo público. E neste caso, temos assistido a situações em que os jornalistas, que pretendem simplesmente ter acesso privilegiado ao processo, se constituem como assistentes, passam a ter acesso a informação, que por variadíssimas razões devia manter-se oculta. E nessa informação, constam dados pessoais tratados no âmbito do processo, que pode simplesmente, não vir a ser utilizada no processo penal, por se entender que é uma excessiva invasão da privacidade, mas, consta do próprio processo. Este confronto entre o dever do jornalista de publicar e o dever do cidadão assistente de ocultar, foi objeto de reflexão ao londo da sessão.

A licitude, a lealdade, a transparência, a minimização, a proporcionalidade, a boa fé e a finalidade foram alguns dos princípios plasmados no RGPD que conduziram a sessão, sendo observado os vários diplomas de fonte interna onde os mesmos estão vertidos, a exemplo da Lei n.º 34/2009 de 14 de julho, que estabelece o regime jurídico aplicável ao tratamento de dados referentes ao sistema judicial, incluindo os relativos aos meios de resolução alternativa de litígios.

Foi ainda mencionado o projeto de decreto-lei que procede à regulamentação do regime jurídico da segurança do ciberespaço aprovado pela Lei n.º 46/2018, de 13 de agosto e assegura a execução, na ordem jurídica nacional, das obrigações decorrentes do Regulamento (UE) 2019/881 do Parlamento Europeu e do Cybersecurity Act, sobre certificação da cibersegurança.

Voltar

Siga-nos

CAMPUS DA QUINTA
DO BOM NOME

Estrada da Correia, nº53.
1500-210 Lisboa

CAMPUS DE SANTOS

Avenida D. Carlos I, nº4
1200-649 Lisboa – Portugal

CAMPUS DA LISPOLIS

Rua Laura Ayres, nº4
1600-510 Lisboa – Portugal

Contactos
Política de Cookies Universidade Europeia

O site da Universidade Europeia utiliza cookies próprios e de terceiros para melhorar o respetivo desempenho e a experiência do utilizador. Alguns cookies são obrigatórios para ter acesso aos conteúdos e serviços, outros são-lhe apresentados como opção e contribuem decisivamente para lhe oferecer uma experiência de qualidade superior que corresponde aos seus interesses.

Clique em ACEITAR E PROSSEGUIR para receber todos os cookies e aceder aos conteúdos. Se pretender escolher, em concreto, os tipos de cookies, clique em OPÇÕES DE COOKIES.


Politica de Privacidade
Política de Cookies Universidade Europeia

Decida, já, se pretende prosseguir de imediato para o site, aceitando os cookies utilizados nas nossas plataformas digitais. Clique no botão seguinte (ACEITAR E PROSSEGUIR).



Ou, em alternativa, se pretender dedicar mais tempo a esta operação, escolha as suas preferências! Tem todo o tempo do mundo.

Funcionalidades Básicas
Funcionalidades Avançadas (escolha uma ou todas)

Faça as suas escolhas dos vários tipos de cookies e clique em

SUBMETER PREFERÊNCIAS

Politica de Privacidade